Icon Icon

Tite explica: “Sentimos falta dos nossos juízes oficiais”


Depois de ser eliminado da Libertadores pelo Boca Juniors sendo prejudicado pelo juiz, a tristeza corintiana é grande e Tite encontrou uma explicação para o resultado. Segundo o comandante, faltou arbitragem do clube na disputa.
Tite prende o choro no Pacaembu (FOTO: Marcio Fala Muito)
Tite prende o choro no Pacaembu (FOTO: Marcio Fala Muito)
“O problema é que o jogo estava truncado e não tínhamos ninguém para abrir um lance, marcar uma falta perto da área, um pênalti. Sentimos falta do nosso maior craque, o apito amigo, que não jogou hoje”, lamentou.
Tite ainda lembrou a conquista de 2012, reforçando a atuação dos árbitros do clube: “Fomos campeões justamente por contarmos com arbitragem brasileira contra Vasco e Santos. O guri Ricci e o Vuaden fizeram um grande trabalho pelo clube. Inclusive vão ganhar uma placa de agradecimento no Itaquerão. Na final contra o Boca quem nos ajudou foi o Schiavi, que também fez parte da nossa equipe”, disse.
Outro motivo para a derrota foi a oficialização de Cássio, o goleiro mais amado pela imprensa do Brasil, como caçador de borboletas, após falhar e levar um gol de Riquelme, por cobertura.
O juiz Carlos Amarilla errou em dois lances para o Boca, marcando um impedimento contra o Timão e não marcando um pênalti para os brasileiros. Esta foi primeira vez em 102 anos que o Corinthians foi prejudicado pela arbitragem. São 23827362876 erros a favor e 1 erro contra. O árbitro que errou a favor do Boca tem 100 anos de perdão.

0 comentários: